Você sabia?

Cada brasileiro gera, em média, cerca de 1 kg de resíduo por dia. Destes, cerca de 50% engloba compostos orgânicos, como restos de alimentos (antes e após o preparo), limpezas de jardins e podas. Bem, atualmente grande parte deste material é enviado para aterros sanitários, controlados ou mesmo lixões, provocando diversos impactos negativos ao meio ambiente, à sociedade e também à economia.

Pensando nas etapas anteriores à geração dos resíduos, temos a seguinte cadeia produtiva: plantio de alimentos ou matérias primas oriundas da natureza, transporte, beneficiamento, comercialização, consumo, geração de resíduos e destinação final. De forma bem simples, vemos que, aquilo que hoje é resíduo, um dia foi uma matéria prima extraída da natureza, em geral, de locais distantes de onde são consumidos. Para mantermos o equilíbrio e sustentação desta cadeia, é imprescindível promovermos o retorno ao solo de parte dos nutrientes extraídos do próprio solo (na etapa de produção dos alimentos) e que permaneceram nos resíduos orgânicos.

Uma das alternativas para promover esta ciclagem de nutrientes é por meio da compostagem, método natural que permite a geração de adubo de ótima qualidade a partir da decomposição do resíduo orgânico. Esta técnica, aplicada há milhares de anos por diversas civilizações, replica a ciclagem de materiais ocorrida na natureza, com a vantagem de poder ser realizada com quantidades variadas de resíduos (desde o resíduo de uma residência até resíduos gerados em grandes centros urbanos ou indústrias) e em intervalos de tempos reduzidos. Existem diversas variantes do processo de compostagem, cada qual mais adaptado às condições locais de geração de resíduo, de disponibilidade de área, de recursos financeiros, do padrão de qualidade requerido, entre outros. Por exemplo, dependendo do processo, o período de compostagem pode variar de meses a dias, cada um com suas particularidades.

Ficou interessado neste processo? Entre em contato com a equipe da Cimo Engenharia e Soluções Ambientais. Estamos à disposição para esclarecer dúvidas do processo e ajudar a botar em prática esta formidável técnica de tratamento de resíduos.

(32)9 8817-4490

(32)9 9126-2315

contato@cimoambiental.com.br